FELIZ ANO NOVO MEUS AMIGOS


sexta-feira, 21 de maio de 2010

NO MEU JARDIM DE QUIMERA



No meu jardim de quimera
Eu plantei doce ilusão
Depois, eu fiquei á espera
E agora que é Primavera
Fui vêr, que doce emoção

Nasceu um lírio singelo
Encostado a uma rosa
Um cravo tão amarelo
Como o sol, lindo e belo
E uma violêta formosa

Uma hortência encarnada
Papoilas,azáleas,jasmim
E uma túlipa tão corada
Parecia envergonhada
De estar a olhar p'ra mim

Nasceu também uma cravina
Jacintos, um amor perfeito
Uma dália pequenina
Parecia uma menina
A baloiçar-se no leito

E assim com tantas flores
Neste jardim do meu peito
Talvez lavem minhas dores
Me enxuguem meus clamores
Se forem regadas direito

Mas se acaso esquecer
De as regar com carinho
Não voltarão a nascer
E meu jardim vai morrer
Na secura do caminho.

12 comentários:

  1. Oi Laurita
    Tomara que o jardim de sua vida, floresça para sempre.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Laurita,desculpa não visitar-te há já um tempo, mas eu tenho andado a visitar os amigos...devagarinho,conforme o tempo que hoje toma conta de mim, me vai deixando!!

    Kida , para que as flores florescem é preciso nunca esquecer de regar o nosso jardim.Não podemos esperar pela Primavera.Todas as estações do ano merecem que não nos esqueçamos de regar com Amor as nossas "flores",mesmo que durante o tempo frio elas não aparecem aos nossos olhos!!

    Beijinhos Muuitoooooss

    ResponderEliminar
  3. Laurita

    A profundidade num poema, tal como um belo jardim, o amor deverá ser sempre regado, vivendo na quimera. Ambos são delicados como flores, ambos são flores que temos de evitar que murchem.
    Beijos
    Daniel

    ResponderEliminar
  4. No teu jardim de quimeras
    nasceu a nossa amizade
    hoje vim dizer adeus
    vou-me embora com saudade

    A vida passa rasteiras
    e nos atira no chão
    ficarás eternamente
    dentro do meu coração

    Não vou ali e já venho
    porque me vou demorar
    pode ser que algum dia
    nos possamos encontrar

    Neste adeus que já chegou
    terminar eu me dispus
    deixo-te aqui minha linda
    o meu beijinho de luz

    ResponderEliminar
  5. .

    . laurita,,, tão belo .

    . e.terneço.me aqui .

    . por tempo in.determinado .

    .

    . uma boa noite de domingo .

    .

    . um beijo amigo e sincero .

    .

    . paulo .

    .

    ResponderEliminar
  6. Olá minha amiga Laurita
    "neste jardim de quimera"
    com esta música do benfica
    é mais bonita a primavera

    boa semana,
    um beijo,
    José.

    ResponderEliminar
  7. Visitei o teu jardim
    Tão lindo, tão perfumado...
    Senti paz dentro de mim,
    Recebe o meu obrigado...
    --
    Bjo

    ResponderEliminar
  8. Mas não vais esquecer não é Laurita?
    Porque quem se expressa tão docemente em relação às flores, certamente que elas estarão a te lembrar com seus perfumes, que precisam ser regadas com mais... amor!
    Beijos, um abraço

    ResponderEliminar
  9. Minha querida
    Que o seu jardim esteja sempre florido como o seu poema.

    Deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  10. Muito lindo seu jardim de quimeras. V0u pegar uma flor pra mim. E ele jamais vai morrer, porque é fértil. Beijos. Parabéns

    ResponderEliminar
  11. Belíssimo, querida amiga. Gostei imenso. O que acontece sempre que te leio...
    Beijo.

    ResponderEliminar